domingo, 22 de janeiro de 2012

Censurado: Apenas um Show




Um assunto polêmico envolvendo a série animada “Apenas um Show” (Regular Show) vem sendo motivo de acaloradas discussões na América Latina e aqui no Brasil. Se trata de algo que todos repudiam, e só de pensar na palavra já causa calafrios: CENSURA. Os fãs estão revoltados com o Cartoon Network pelos cortes absurdos e sem nenhum sentido que o canal vem fazendo no desenho.

Diversos vídeos espalhados no Youtube comparam a versão transmitida nos Estados Unidos com a que o CN exibe na América Latina e o resultado é que cenas como um beijo de língua entre dois personagens ou um corpo se esfarelando, parecem ser consideradas “fortes” demais pela direção do canal e simplesmente são cortadas. O que há de ruim nestas cenas? Nada, a única explicação cabível aqui seria o fato da direção do canal entender que ambas parecem ter “apelo sexual e violência”, por isso a censura.

A política de censura não é nenhuma novidade. Tempos atrás, o CN assumiu que alguns programas eram sim editados, e isso foi dito ao ANMTV em duas ocasiões, com Naruto em 2009 e um ano depois nos avisos de classificação indicativa. Em ambos os casos a resposta foi: “Temos um departamento treinado e dedicado a avaliar e, se necessário editar, os programas que vão ao ar em todos os nossos canais, para que estejam adequados ao público que nos assiste”.

O que causa espanto neste caso é que Apenas um Show se trata de uma produção original do Cartoon Network. O desenho é exibido na íntegra em seu país de origem, os Estados Unidos, e por lá, como todos sabem, o falso moralismo é muito forte, mas nem por isso a série foi censurada, já que não tem nada demais. Então qual a diferença entre o público americano e o brasileiro? Será que uma cena destas influenciaria o telespectador do canal de forma negativa? Os executivos devem achar que sim.

Chegamos a entrar em contato com a direção do CN para perguntar sobre isso, mas desta vez, não obtivemos resposta e caso tivéssemos, possivelmente, seria a mesma de sempre mencionada acima. Apesar da ira do público, infelizmente nenhum protesto deve causar mudanças, já que a filial da América Latina costuma ser indiferente às queixas dos telespectadores.

Apesar de tantas críticas e da ligeira queda de audiência, o Cartoon Network manteve firme sua postura e segue usando a mesma fórmula até hoje, mas luta para recuperar seu prestígio e, aparentemente, vem conseguindo mudar isso aos poucos e luta para tentar ser o número um novamente. Abaixo você confere um dos vídeos de Apenas um Show com as cenas censuradas.

Fonte: ANMTV
Postar um comentário